quarta-feira, 31 de julho de 2013

Cerração sobre Porto Alegre

IMG_0942 by Ze Alfredo
IMG_0942, a photo by Ze Alfredo on Flickr.

Porto Alegre, 30 de julho de 2013, pela manhã.
Inverno. 11ºC.
A neblina só se dissipou após o meio-dia.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Nevoeiro sobre o Guaíba...de novo

IMG_0891 by Ze Alfredo
IMG_0891, a photo by Ze Alfredo on Flickr.

Porto Alegre, 29 de julho de 2013, pela manhã.
Inverno. 9ºC.

"Papaweek"


E como diria o humorista José Simão, terminou a "Papaweek" brasileira. 
Durante uma semana o Papa Francisco esteve na cidade do Rio de Janeiro para acompanhar a Jornada Mundial da Juventude, que se realizava lá. 
O novo Papa se mostrou humilde e simpático. 
E acabou por quase monopolizar o noticiário na televisão aberta, o que é curioso para um país que se torna cada vez menos católico. Sim, porque no Brasil, o que cresce são as igrejas de fundo protestante, principalmente as chamadas neopentecostais, e, por outro lado, o pessoal que se diz sem religião, ou ateus, ou agnósticos. 
Para o turismo do Rio de Janeiro parece que a visita do Papa foi ótima. Nunca se viu tanto turista junto naquela que provavelmente é a cidade mais turística e cosmopolita do Brasil. 
Nesses primeiros meses de papado, Francisco tem demonstrado simpatia e humildade, o que faz com que ele seja bem visto, mesmo por quem não é católico. Veremos como continuará seu pontificado.


29/07/2013.

sábado, 27 de julho de 2013

quinta-feira, 25 de julho de 2013

A menor temperatura registrada em Porto Alegre em 2013 (até agora)



Foi nesta madrugada, cerca de 1ºC.
Na noite passada, quarta-feira, dia 24, por volta de 22 h, ao caminhar na rua eu me sentia como se estivesse caminhando por uma câmara frigorífica.
Mas dizem que a partir desta sexta-feira, 26, a situação alivia.


25/07/2013.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

E faleceu Djalma Santos

Eu não vi, ou não me lembro de ter visto, Djalma Santos jogar.
Eu não era nascido quando ele foi campeão do mundo com a seleção brasileira em 1958, ou quando se tornou bicampeão, em 1962.
Mas sei que muita gente o viu jogar e ainda se lembra disso. Ele jogou com a seleção brasileira as copas de 1954, 1958, 1962 e 1966. Foi parte de uma geração de jogadores que fez com que nós brasileiros começássemos a pensar que o Brasil é o país do futebol.
Ele também faleceu ontem, dia 23 de junho de 2013. Estava com 84 anos.


24/07/2013.


E faleceu Dominguinhos

Acho que todo mundo que tem uma certa idade aqui no Brasil conhece os versos que dizem “que falta eu sinto de um bem / que falta me faz um xodó...” É bem possível que a maior parte desses que conhecem a canção gostem dela. Eu gosto.
Pois ontem faleceu o músico, cantor e compositor Dominguinhos (José Domingos de Morais),  que compôs esta canção em parceria com Anastácia, por conta de complicações do tratamento contra um câncer de pulmão com o qual ele vinha lutando faz seis anos.
Nós brasileiros, que gostamos da música de Dominguinhos, ficamos mais pobres.


24/07/2013.


terça-feira, 23 de julho de 2013

Julho de 2013: do veranico ao invernão

                                                                     

No início do mês eu, e não apenas eu, mas outros blogueiros também, estive comentando sobre o veranico de julho, um período de dias, no auge do inverno em que as temperaturas subiam a níveis primaveris, quiçá de verão. 
Pois agora o quadro mudou.
Uma massa de ar polar vinda da Antártida penetrou na região sul do Brasil e fez as temperaturas despencarem, desde sábado passado, dia 20. E se até então as temperaturas mínimas em Porto Alegre giravam ao redor de 10ºC, nestes dias, essa temperatura, 10ºC, está prevista como a máxima do dia. E de quebra há um vento que derruba a sensação térmica em 3 a 5ºC. Assim, por exemplo, hoje, terça-feira, dia 23, às 8 h da manhã o rádio informava que a temperatura era de 5º e a sensação térmica de 0ºC em Porto Alegre. Como diriam alguns, tenso!
Pelo menos, os meteorologistas dizem que a partir da próxima sexta-feira, dia 26, a situação se amenizará.


23/07/2013.

sábado, 20 de julho de 2013

Manoel de Barros, sobre poesia e verdade


Estive lendo uma revista velha (mais uma). Neste caso a “Revista da Cultura”, a revista publicada pela rede de livrarias Cultura, que é um grande catálogo de produtos, e que traz algumas reportagens de brinde.

No caso, na edição de dezembro de 2012, número 65, traz um perfil e uma entrevista com o poeta Manoel de Barros. Eu nunca li um livro do poeta, e não estou certo que lerei um dia. Contudo chamou-me a atenção uma frase do repórter, onde cita como frase de autoria de Manoel de Barros, que apenas 90% de sua poesia era inventada. Os outros 10% eram mentira. Adorei essa “verdade” da poesia de Manoel de Barros.

Em todo caso, o poeta corrigiu o entrevistador. Disse que agora tudo que escrevia era mentira. Será que isso pode ser verdade?



12-07-2013.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Indo a uma Sessão de Autógrafos

Indo a uma Sessão de Autógrafos



Nesta quarta-feira decidi ir à sessão de autógrafos do livro "Jango, a Vida e a Morte no Exílio", do escritor e jornalista Juremir Machado da Silva. Na verdade já faz mais de uma semana que eu havia decidido ir à esta sessão de autógrafos, o que já me levou a um engano que comentei outro dia.


Saí do meu trabalho no final da tarde e peguei uma lotação em direção à Livraria Saraiva, do Shopping Moinhos de Vento, onde a sessão deveria acontecer.


Apesar de ser o pico do trânsito do final de tarde, hoje o tráfego estava relativamente ameno. Em cerca de quinze minutos, a lotação me deixou próximo do centro comercial, e logo pude adentrar a loja. Já havia uma fila com algumas dezenas de pessoas aguardando para ter seu exemplar do livro autografado. Consegui reconhecer entre os presentes na fila a ex-deputada Luciana Genro e o jornalista José Antonio Pinheiro Machado, mais conhecido hoje como "Anonymus Gourmet". E será que aqueles outros senhores seriam o Ivan Pinheiro Machado, um dos sócios da Editora L & PM, e o colunista social Paulo Gasparotto? Não tenho certeza.


Adquirir o livro foi simples. Era possível adquirir o livro diretamente nos caixas da loja. A fila no caixa era bem menor do que fila das pessoas que aguardavam para ter seus livros autografados. Aproveitei para levar também o livro "História Regional da Infâmia", também do Juremir. Pagamento com cartão de crédito, financiado em três vezes.


Hora de entrar na fila de autógrafos, eu um entre tantos anônimos, mais aquelas pessoas notáveis que citei acima. Me chamou a atenção uma senhora que levou para registrar o momento com o escritor uma câmera fotográfica de filme. A película vive. Ainda.


Aproveitei os minutos na fila para dar uma conferida no livro. Fluido, como os textos do blogue do Juremir, embora haja um floreio aqui e outro ali. Mas me parece que será uma obra fácil de ler.


Após vários minutos chegou a minha vez de receber o autógrafo. Um rápído aperto de mãos. Uma recepção simpática do escritor. Um rápido comentário meu sobre acompanhar o blogue dele, e sobre tê-lo visto na Praça da Alfândega e no Teatro São Pedro. E estava feito. Eu tinha em mãos dois livros autografados pelo Juremir Machado da Silva. E convinha que eu fosse adiante. Apesar do empenho do autor a fila continuava com dezenas de pessoas. Havia mais pessoas na fila agora que na hora em que eu havia chegado à loja. Ou seja, acredito que ele voltará para casa com a mão cansada, mas satisfeito.


Quanto a mim, só me restava voltar para casa, carregando os livros numa sacola da livraria. Resta o desafio de quando será o momento em que me dedicarei a lê-los.



17/07/2013.


quarta-feira, 10 de julho de 2013

Adiantado para a sessão de autógrafos



Hoje decidi que iria à sessão de autógrafos do escritor e jornalista Juremir Machado da Silva, para comprar e receber o autógrafo do mais recente livro dele, "Jango, A Vida e a Morte no Exílio".


Saí do trabalho, no final da tarde e me diriji à Livraria Saraiva do Shopping Moinhos de Vento. O trânsito terrível de Porto Alegre na hora do "rush" faz com que o trajeto, não tão longo, demore bem mais que o esperado.


Mas tudo bem. Chego à livraria no horário marcado, 19 horas.


Como não consigo detectar nenhum movimento que indique uma sessão de autógrafos, nem exemplares do livro exposto em local de destaque, me dirijo a um dos vendedores para saber. "É aqui que vai ser a sessão de autógrafos do Juremir Machado da Silva?".


"É, mas não é hoje." Foi o que ele me respondeu. "Vamos ver".


O vendedor se dirige ao balcão do caixa, e pergunta sobre a tal sessão do autógrafos. A funcionária do caixa pega umas folhas impressas, e informa: "A sessão de autógrafos é dia 17".


"Ah, obrigado. Cheguei uma semana adiantado, então".


É isso. Cheguei uma semana adiantado.


Espero que na semana que vem eu não me esqueça e também tenha disponibilidade para comparecer.




10/07/2013.


Veranico de julho 2013 - mais alguns dias

Ontem e hoje foram mais dois dias do chamado "veranico de julho" em Porto Alegre.
Julho é, ou deveria ser, o auge do inverno, mas as temperaturas amenas de Porto Alegre fazem que ocorram fenômenos como o destes dois últimos dias, ontem, terça-feira, dia 9, e hoje, quarta-feira, 10, em que a temperatura atinja picos acima de 25ºC durante o dia, e esteja ao redor de 21ºC ao entardecer.
Claro que houve portoalegrense que aproveitou para passear de chinelo de dedo, bermuda e camiseta de física.


10/07/2013.

sábado, 6 de julho de 2013

Desventuras de usar MS Windows

Trabalhar com MS Windows, no meu caso Windows 7, significa algumas coisas.
Por exemplo, ter que utilizar software antivírus. E o antivírus solicitar autenticação de usuário, e demandar que essa autenticação seja através de uma rede social, porque o endereço de e-meio fornecido, do principal usuário do computador, e que não era eu, estava associado ao endereço de e-meio fornecido à tal rede social.
É também se surpreendido pelo processo de reinício repentino e sem aviso da máquina, por conta das atualizações críticas impostas pelo fabricante do sistema operacional. Impensável uma coisa assim em Linux. E acho que também não aconteceria se eu estivesse usando uma cópia pirata do MS Windows.
Enfim, fazer o quê, não?



05-07-2013.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Veranico de julho versão 2013

E nestas quinta e sexta-feira, vivemos dias de “veranico de julho” em Porto Alegre.
Embora se possa dizer que as temperaturas estariam mais para primavera, pouco acima de 20ºC, elas são um sopro de ar morno num inverno, que até agora, não foi dos mais rigorosos.
Hoje, sexta-feira, dia 5 de julho, por exemplo, às 8h a temperatura já estava em cerca de 20ºC. E às 19h estava novamente por volta desta temperatura. Assim, os portoalegrenses puderam sair para almoçar em mangas de camisa, quando não de camiseta de manga curta.
Em Porto Alegre, veranico costuma ser associado ao mês de maio, auge do outono. Algumas vezes acontece em julho também. Como em 2013.



05/07/2013.